segunda-feira, 30 de março de 2020

Como as empresas que permanecem trabalhando estão protegendo seus colaboradores do novo Coronavírus?



Uma cartilha de prevenção foi produzida para ajudar as companhias nesse período de calamidade pública 

Durante o isolamento social determinado pelo Governo de São Paulo na última terça-feira, dia 24, a grande maioria dos trabalhadores segue em casa se protegendo do novo Coronavírus. No entanto, o governador do estado, João Doria, determinou que as indústrias e também as empresas que não trabalhem diretamente com a população devem continuar com as suas atividades, a fim de não haver um colapso na economia.

Em Sorocaba, cidade que possui o maior polo industrial da região, muitas dessas empresas continuam trabalhando normalmente. Mas como proteger esses colaboradores do vírus e, consequentemente, suas famílias? Para ajudar nessa missão, a TRABT Medicina e Segurança do Trabalho produziu uma “Cartilha de Prevenção ao Coronavírus para Empresas” com a intenção de ajudar as organizações a manter a segurança no ambiente corporativo. Nesse documento contém desde informações sobre a doença, como maneiras de prevenção, auto limpeza e cuidados na estação de trabalho, bem como orientações de como proceder em casos de viagens nacionais e internacionais, reuniões, eventos e, claro, o que fazer em casos de contaminação, a fim de não colocar em risco a saúde dos funcionários e do negócio também.

“Sempre temos a intenção de estar à frente e ser ativo na busca pela prevenção das doenças dos nossos clientes e trabalhadores. Tendo em vista nossos estudos e atualizações sobre o tema de Coronavírus, resolvemos nos antecipar, produzir essa Cartilha, enviar para todas as empresas clientes e, principalmente, para aquelas que devem se manter abertas nesse período de calamidade pública. Então, esse documento serve para reunir todas as recomendações divulgadas pelo Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde, mas, também, para contribuir com toda a nossa experiência prática e teórica na prevenção do vírus”, explica Dr. Renan Paiva Moreno, Médico do Trabalho e sócio-diretor da TRABT Medicina e Segurança do Trabalho.

Renan salienta que as empresas que não podem parar de funcionar nesse período, precisam implantar as medidas de prevenção contra a transmissão do vírus de maneira imediata. “Muitas vezes, o responsável não sabe por onde começar ou ainda não tem ideia de tudo o que é recomendado pelas organizações de saúde a fim de garantir a máxima proteção de todos os envolvidos. Portanto, a Cartilha, nesse momento, é de extrema importância”.

A Valéria Marques, supervisora de produção, atua em uma dessas indústrias. Mesmo trabalhando, ela garante que se sente segura no ambiente de serviço, justamente por conta das precauções que a empresa onde trabalha tem tomado diante da pandemia do Covid-19. “A empresa disponibilizou álcool em gel de mão para todos os colaboradores que permanecem na ativa, assim como distribuiu pontos de abastecimento do produto por toda a fábrica. Àqueles que puderem e desejarem ir trabalhar de carro ou moto próprios, terão o valor do combustível ressarcido semanalmente. Mas além de tudo isso, a companhia já afastou aqueles que fazem parte do grupo de risco, a fim de garantir a saúde todos”.

Além dessas medidas, Renan ainda intensifica outras que podem ajudar no dia a dia dos funcionários, como, ao utilizar o transporte fretado, manter as janelas abertas ou procurar saber se o ar condicionado está com a manutenção em dia; sentar separadamente também é importante para manter distância segura e proteger a todos contra as doenças infecciosas; e, claro, se preocupar com a própria etiqueta respiratória, colocando a parte interna do braço à frente da boca e do nariz ao tossir ou espirrar.

“Todas essas medidas são válidas para o momento. Mas como o novo Coronavírus segue em estudo, pode ser que, em breve, novas recomendações surjam e todos precisam estar cientes e as colocando em prática para garantir o bem-estar dos colaboradores. Por isso, é importante estar atento todos os dias às notícias oficiais vindas do Ministério da Saúde”, finaliza.

Lembrando que essas medidas de proteção não são válidas apenas nesse período de pandemia do Covid-19, mas, sim, em todas as épocas, pois elas também vão evitar a propagação de outras doenças conhecidas há bastante tempo.

Aos que desejarem fazer o download da “Cartilha de Prevenção ao Coronavírus para Empresas” basta acessar o link: BAIXE AQUI A CARTILHA DE PREVENÇÃO DA COVID-19

segunda-feira, 23 de março de 2020

Em meio ao surto do novo Coronavírus, TRABT faz triagem clínica para verificar possíveis novos casos; além de disponibilizar canais para informações sobre a doença


Diante do cenário atual do COVID-19 no Brasil, já em fase de transmissão comunitária, e, seguindo as recomendações do Ministério da Saúde, da Medida Provisória Nº 927, de 22 de Março de 2020, e das Entidades Médicas, a Trabt informa que funcionará nas seguintes condições:

- Foi determinado um fluxo de atendimento interno para realização dos atendimentos médicos que não puderem ser adiados;

- Está sendo realizada triagem clínica para verificação de pessoas que apresentarem risco de exposição ou estiverem com suspeita de infecção pelo novo Coranavírus;

- Está determinado o afastamento imediato das atividades laborativas, isolamento social e outras condutas cabíveis para os casos que apresentarem sinais ou sintomas de síndrome gripal;

- Reforçamos as medidas de higiene interna;

- São disponibilizados álcool gel e lavatórios para higiene das mãos;

- Foi estabelecido regras de distanciamento de 2 metros entre as pessoas que aguardam atendimento;

- Foram implantadas medidas adicionais de ventilação local;

- A equipe de atendimento da Trabt utilizará equipamentos de proteção individual (EPIs);

- Preparamos um canal de atendimento, por meio do telefone (15) 3331-5535 e do e-mail coronavirus@trabt.com.br, para sanar todas as dúvidas relacionadas ao novo Coronavírus e quaisquer outras que poderão surgir nesse momento. Nossa equipe de médicos está à disposição para atendimento através desses meios de comunicação e os já habitualmente utilizados por nossos clientes;

- Durante o estado de calamidade pública, está suspensa a obrigatoriedade da realização dos exames médicos ocupacionais, clínicos e complementares, exceto dos exames demissionais;

- Os exames não realizados terão um prazo de 60 dias, contado da data de encerramento do estado de calamidade pública, para serem feitos.

Outras recomendações e informações poderão ser consultadas no site oficial da Prefeitura de Sorocaba – http://saude.sorocaba.sp.gov.br/destaques/coronavirus/ – e do Governo Federal – www.saude.gov.br.

sexta-feira, 20 de março de 2020

TRABT cria cartilha de prevenção ao Coronavírus para empresas





Em meio ao surto do COVID-19 (novo Coronavírus) que atinge todo o Brasil, medidas preventivas que impeçam a propagação da doença devem ser tomadas em todos os momentos do dia, especialmente no trabalho. É muito importante que empregadores e empregados saibam a importância que todos têm no combate ao vírus, que é transmitido de forma rápida e simples, como a gripe. 

Diante de centenas de casos já registrados no País, reunir informações em uma cartilha de prevenção pode ser a solução para o dia a dia dos trabalhadores que poderão consultar o documento sempre que precisarem. “Nossa intenção com a cartilha é ajudar a impedir a propagação do COVID-19 no local de trabalho, assim como gerenciar os riscos da doença no âmbito profissional e nas funções diárias dos colaboradores”, explica o Médico do Trabalho e sócio-diretor da TRABT Medicina e Segurança do Trabalho, Dr. Renan Paiva Moreno.

A cartilha contém desde informações sobre a doença, como maneiras de prevenção, auto limpeza e cuidados na estação de trabalho, bem como orientações de como proceder em casos de viagens internacionais, reuniões, eventos e, claro, o que fazer em casos de contaminação, a fim de não colocar em risco a saúde do seu negócio.

Lembrando que todas as medidas preventivas são de baixo custo e ajudarão também a evitar a propagação de outras doenças infecciosas, como resfriados, gripes e doenças gastrointestinais. Protegendo todos os colaboradores que, consequentemente, terão clientes protegidos.

“Todos devem colocar em prática essas recomendações sem atraso, mesmo que o COVID-19 não tenha chegado às comunidades onde a empresa opera; pois elas já podem reduzir os dias úteis perdidos devido às doenças e, também, retardar ou até mesmo afastar a chegada do vírus no ambiente corporativo”, finaliza Dr. Renan.

A cartilha está à disposição para download de todos em nosso blog: https://atrabt.blogspot.com/2020/03/baixe-agora-cartilha-de-prevencao-ao.html.

Afinal, quanto mais pessoas tiverem acesso à informação correta, menor será o risco de contaminação e disseminação das infecções. Se você quer saber mais sobre o Covid-19, acesse nosso blog: https://atrabt.blogspot.com/2020/03/coronavirus-saiba-tudo-sobre-o-virus-e.html.

BAIXE AGORA A CARTILHA DE PREVENÇÃO AO CORONAVÍRUS NAS EMPRESAS






As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, a cada dia, casos confirmados de coronavírus (Covid-19) no Brasil, com algumas mortes.

Este vírus não é brincadeira, tem afetado direta e indiretamente a vida de todos. Por isso, é de extrema importância que tenhamos conhecimento sobre as formas de prevenção e os cuidados para mantermos um ambiente de trabalho seguro.

Para garantir a segurança do seu negócio e de seus colaboradores, baixe agora a cartilha de prevenção ao coronavírus nas empresas:



segunda-feira, 9 de março de 2020

Coronavírus: saiba tudo sobre o vírus e como se proteger



O Coronavírus, ou Covid-19, tem chamado a atenção de todo o mundo. Com diversos casos confirmados em vários países, incluindo o Brasil, a doença está sendo encarada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) como uma possível pandemia, já que ela é contraída de forma muito simples.
Apesar do número de casos estar caindo na China, País onde o vírus surgiu, o resto do mundo já soma mais de 100 mil pessoas infectadas. Embora seja alarmante, a OMS afirma que 80% dos casos são leves e apresentam os sintomas parecidos com o da gripe comum.
A faixa etária mais atingida pelo vírus é a de 40 a 69 anos, estando os idosos com doenças crônicas os mais propensos a contrair o covid-19. O número de mortos pela doença é maior em pessoas com mais de 80 anos. 
Deste modo, trazemos algumas informações sobre questões importantes sobre o vírus, além de como se proteger, especialmente, no ambiente de trabalho.
O que é?
O coronavírus, ou covid-19, é um tipo de vírus que pode infectar pessoas e animais, causando doenças respiratórias, como resfriados e pneumonias. Os principais sintomas são tosse, febre e dificuldade de respirar.

Como acontece a transmissão?
A transmissão ocorre em contato com alguém já doente ou em contato direto com as secreções infectadas.

Como se proteger?
Para se proteger da doença, é imprescindível adotar alguns hábitos de higiene:
- Mantenha uma boa higiene pessoal;
- Quando for tossir ou espirrar, utilize um lenço de papel para reduzir as chances de transmissão de viroses. Na falta de um lenço, não use suas mãos, ao invés disso, utilize a manga da sua camisa conforme mostra a imagem abaixo:
- Evite ingerir alimentos crus, dando preferência aos cozidos.
- Evite o contato direto com pessoas que estejam com algum dos sintomas relacionados acima;
- Evite tocar o seu rosto, especialmente a boca;
- A utilização de máscaras de proteção só deve ser feita por pessoas contaminadas ou que estejam cuidado de pessoas infectadas;
- Evite contato com superfícies potencialmente propensas a estarem contaminadas, como portas e corrimãos;
- Evite lugares cheios;
- Lave as mãos com água e sabão: este hábito é o mais importante de todos e deve ser feito várias vezes ao dia. Veja, na imagem abaixo, como a limpeza das mãos deve ser feita de maneira eficaz:

Como se proteger no ambiente de trabalho?

Mantenha limpa a sua área de trabalho e objetos compartilhados, como telefone, celulares, computadores, chaves, mesas e balcões, cadeiras e apoios para os braços, interruptores, impressoras, controles de temperatura, maçanetas, botões de descarga e etc.

Quando procurar o médico?
Caso apresente os sintomas já descritos acima ou tenha estado com alguém que tenha visitado, há pelo menos 14 dias, os países Alemanha, China, Coreia do Sul, França, Índia, Irã, Itália e Tailândia. Vale lembrar que, mesmo que você não tenha apresentado nenhum sintoma, é importante procurar o hospital e informar o responsável.  

No Brasil, apesar de já terem sido confirmados casos da doença, o Ministério da Saúde ainda não divulgou nenhuma ação direcionada para o combate ao coronavírus. Portanto, vida normal.




terça-feira, 3 de março de 2020

Laudo P.N.E.


      O laudo P.N.E é uma avaliação médica pericial realizada por um especialista. A finalidade especifica desse laudo é a determinação de enquadramento na lei de cotas, com emissão de laudo médico para contratação e inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho.